Novembro 2007

29/11/2007

Entrevista




Hoje eu conversei com minhas amigas Juju e com a Renata Bananinha, sobre o que elas fazem para não deixar a crise de pânico chegar?

Resposta da Juju:sobe um frio na coluna e logo fico sem ar
eu paro tudo que estou fazendo, me concentro
e converso comigo mesma
faço exercicio de respiração, e falo vc vai ficar bem,
vc sabe o que é, vc nao vai morrer
tudo isso respirando com calma
e fico andando pela casa bem devagar
até passar, se não passar tomo o ansiolitico.
Perguntei para Juju - Voce ja percebeu se as suas crises vem apos determinadas situaçoes?
sempre depois do stress e do nervoso,
ou angustia.
Outra situaçao que a crise vem, é quando me sinto pressionada,
não suporto me sentir "contra a parede"
A Juju tem sindrome do panico, mas não tem agorafobia.

Resposta da Renata:
Quando sinto que a crise vem, coloco a mente para ficar ativa, apesar de as vezes ficar confusa, mas agora fico com um pensamento só na cabeça
pode ser qualquer coisa, fico repetindo a mesma frase, até conseguir pensar só nela.......pode ser qualquer coisa
tipo: a maçã é vermelha.........fico repetindo isso varias vezes, até a mente voltar a funcionar normal.
se tiver alguém do meu lado, peço para contar piada, ou então alguma baixaria que me faça dar risada
Já conseguiu evitar as crises asssim.
As vezes vou pela rua segurando a cartela do ansiolitico......e por telepatia vou conversando com ele,...........meu amiguinho, onde eu for vc vai atras..rs
temos q nos divertir com a nossa Sindrome do Panico.
não podemos deixa-la dominar nosso corpo
não quero perder aquele gostinho de liberdade que estou sentindo...é tao bom sair sozinha.
e meu visual também tem q estar bonito...rs
Perguntei para Renata - Voce ja percebeu se as suas crises vem apos determinadas situaçoes?As crises vem quando me sinto culpada por alguma coisa
uma coisa que aprendi com a Sindrome do Panico, por pior que seja uma situação enfrente-a
é como diz aquela musica dos menudos, NÃO SE REPRIMA, NÃO SE REPRIMA, NÃO SE REPRIMA..rs
A Renata tem sindrome do panico com agorafobia, mas esta se libertando a cada dia graças a Deus.
Obrigada minhas queridas amigas pela entrevista..amo voces duas!
beijoss

27/11/2007

Acredite, voce pode


Independente de como voce esteja se sentindo agora, procure não dar força para o lado negativo.
Pense em coisas boas, procure se ocupar com alguma coisa positiva, alegre e não deixe o desanimo tomar conta de voce.

Demorei muito para aprender algumas coisinhas básicas;
Hoje não dou muita importância a coisas que não me acrescenta nada,
Não me importo tanto se estou agradando
Evito pessoas e situações que não gosto
Aprendi a gostar mais de mim.
Não me preocupo se tiver que dizer "não"
Cuide mais de voce se ame mais.
Nunca perca sua fé..lembre-se voce pode tudo naquele que te fortalece!

Beijoss

23/11/2007

Transtorno Hipocondríaco e Síndrome do Pânico






É mais ou menos assim que ele pensa :" Da onde surgiu esta dor de cabeça, será que é um tumor, acho que eu preciso fazer um exame, mas eu já fiz a semana passada, então pode ser um derrame que esta acontecendo?" Ai ele vai ao clinico , que descarta este diagnóstico através de exames e ai imediatamente surge a possibilidade de uma outra doença : "Ahhh, então deve ser meningite!!!" E novamente enquanto ele não descarta esta possibilidade a cabeça fica o tempo todo pensando em coisas ruins.
A razão desta neurose é que embora ela seja uma caixa de horrores, a atenção da pessoa se desvia da realidade, ele não percebe, não vê, não se importa com os problemas da vida real e fica o tempo todo centrado em seus sintomas e em seus pensamentos funestos. Assim fica no seu mundinho, que por pior que seja já é conhecido e não sente necessidade de evoluir e de crescer na vida. Tal qual o Transtorno obsessivo compulsivo esta diretamente ligado a quadros de ansiedade e principalmente de depressão. São pessoas profundamente pessimistas, lotadas de sentimentos de culpa que podem ser conscientes ou inconscientes e que por isto acha que merecem um castigo (que seria a doença tão temida). Vêem tudo sob uma perspectiva sombria e acabam se viciando na permanente atitude de só olharem para sí.
TratamentoO tratamento desta neurose, tem que ser feito através de psicoterapia , para que a pessoa consiga enxergar sentimentos e conflitos que são os verdadeiros desencadeantes de seus sintomas e cismas. Se o pessimismo for profundo e arraigado o uso de medicações antidepressivas são essenciais para uma rápida melhoria do quadro . O quadro pode acontecer isoladamente ou acompanhando quadros de Depressão (onde chega ocorrer o Delírio hipocondríaco) ou do Transtorno obsessivo compulsivo (é muito comum esta associação.)
Não somatizem tanto seus sintomas. Se você já fez exames médicos procure não dar muita importância, tudo que você dá muita importância cresce.
 obrigada pela visita

21/11/2007

Depoimento de força e Determinação








Pedi autorização da Mi para postar esses depoimentos que ela fez na minha comunidade sobre sindrome do pânico. Pessoas como a Mi é exemplo de força, fé e determinação e temos muito que aprender com ela!!
Mi obrigada!!!

HOJE ME DEU UMA VONTADE DE DIVIDIR COM VCS MINHA VIDA, OU UM POUQUINHO DELA, PRA ME CONHECEREM MELHOR.SOU MICHELA... MI... SOU UMA MINEIRINHA E JÁ FUI DA ESTRADA POIS ERA HIPPIE, KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK, MAS JÁ PASSOU A FASE... QUANDO TINHA 23 PRA 24 ANOS, DESCOBRI UMA DOENÇA... ESCLEROSE MÚLTIPLA. E DAÍ MINHA VIDA MUDOU COMPLETAMENTE. TENHO ALGUMAS LIMITAÇÕES, MAS JÁ TIVE PIORES. JÁ FIQUEI SEM ENXERGAR, NA CADEIRA DE RODAS POR 3 ANOS E AGORA TIVE UM NOVO SURTO DE EM( ESCLEROSE). FIQUEI ESSES ÚLTIMOS DIAS INTERNADA , TOMANDO MEDICAMENTOS FORTÍSSIMOS QUE ME DERAM SÉRIAS REAÇÕES: MIOCARDIOPATIA, DIABETES, GLAUCOMA, HIPERTENSÃO AGORA, OSTEOPOROSE, E A SP, FOI CONSEQUÊNCIA DO MEDICAMENTO. ACHO QUE PASSEI DEMAIS NA FILA DA DOENÇA... ESTOU ME RECUPERANDO DO SUSTO E DO MEDO DE FICAR NOVAMENTE EM CADEIRA DE RODAS, MAS ESTÁ CUSTANDO UM BOCADO. TIVE MUITAS CRISES DE SP NO HOSPITAL. MAS AGORA ESTÁ MELHOR... PELO MENOS O ESPAÇO ENTRE ELAS ESTÁ MAIOR. JÁ PERDI A FÉ E RECUPEREI DE UMA TAL FORMA QUE VAI SER DIFÍCIL ACABAR. SÃO 10 OU MAIS ANOS COM ESSES PROBLEMINHAS. NÃO DIGO QUE NÃO SOFRO, PQ É MENTIRA, MAS MINHA PSICO E MINHA PSIQUI DÃO UMA AJUDONA , SÃO MINHAS ANJAS DA GUARDA, JUNTO COM MINHA NEURO QUE É A PRÓPRIA . SENTI UMA NECESSIDADE DE FALAR C VCS, PQ SINTO AQUI UMA VERDADEIRA FAMÍLIA. TO INCHADINHA, GORDINHA, POR CAUSA DOS CORTICÓIDES, MAS FELIZ, POIS ESTOU MELHOR E JÁ ESTOU DANDO MEUS PASSOS NOVAMENTE. TÁ PARECENDO QUE FUI AO ENCONTRO E CHAPEI O MELÃO AINDA, MAS TÁ INDO... MINHA EMOÇÃO FOI ENORME QUANDO ENTREI NO ORKUT E VI TANTA MANIFESTAÇÃO DE CARINHO DE VCS. ESTOU ME SENTINDO TÃO AMPARADA!!! PARECE QUE CONHEÇO VCS E ME SINTO TÃO A VONTADE AQUI, QUE NEUSINHA, VOU ACABAR COLOCANDO OS PÉS NA MESA.. KKKKKKKKK.. BRIGADINHA POR VOCÊS EXISTIREM!!! DESCULPE O DESABAFO , MAS QUERIA CONTAR UM POUCO DE MIM, OK? E PESO A GENTE PERDE DEPOIS... ASSIM ESPERO!!!

Mas olha , sabe o q sinto em todos vcs aqui e em mim também? Uma força descomunal de ficar bem... e isso é dar um passo a frente. Sempre. Não interessa muito se tenho EM ou SP ou qq sigla idiota que usam pra uma maldita doença... é uma doença... o importante é lutarmos pra ela não nos vencer... pq isso ela não fará comigo. Pode entrar numa luta ferrada comigo.. queda de braços ou de cabeça, mas digo, com toda certeza, eu sou mais eu.Não perco pra doença nenhuma não... Eu posso te-las mas elas não me tem mesmo... , pq é o jeito de levantar amanhã, tomo minhas injeções a noite , dizer que as tomo feliz é mentira, mas necessito delas, então... vamos lá! Tem dia que é uma merda? É. Independente das doenças ou não... Pq não vejo elas predominarem. Mudaram minha vida pra minha melhor qualidade de vida... e só! Não me entrego, isso não. Já passei coisa demais que dói muito mais que uma doença, que foram as perdas terrenas de meu pai, meu namorado de 5 anos e tanta gente!!! E mesmo assim , to aqui, num to? Então acabou... sou forte sim. Mas a vida me fez ser forte! Tenho meus dias de depressão..kkkkkkkk... aquele dia triste, coloco a música mais triste, choro, me sinto a pior das criaturas, me deixo me sentir a vítima mesmo... choro até dormir... no outro dia.. to aí... sem dor nenhuma acumulada... Cansei de acumular sentimentos... isso é o que me faz fraca. Agora eu quero mais é ser feliz com o que tenho. Beijos a todos vcs!

obrigada pela visita!
beijos

16/11/2007

Pensamentos Negativos















Sabemos que o controle do pensamento é a chave do destino, e para aprender o controle do pensamento temos de conhecer e compreender essas leis, assim como o químico tem de compreender as leis da química e o eletricista, as leis da eletricidade.

Uma das grandes leis da mente é a Lei da Substituição. Isso quer dizer que o único meio de se livrar de um determinado pensamento é substituí-lo por outro. Você não pode pôr um pensamento de lado diretamente. Só pode fazer isso substituindo-o por outro. No plano físico não é assim. Você pode largar um livro ou uma pedra simplesmente abrindo a mão e deixando-os cair, mas isso não funciona com o pensamento. Se quiser pôr um pensamento negativo de lado, a única maneira de fazê-lo é pensar em algo construtivo e positivo.


Se eu lhe disser: “Não pense na Estátua da Liberdade”, é claro que imediatamente pensará nela. Se você disser: “Não vou pensar na Estátua da Liberdade”, já está pensando nela. Mas digamos que, depois de ter pensado nela, você se interessa por outra coisa que ouviu no rádio e se esquece da Estátua da Liberdade – isso é um caso de substituição.


Quando os pensamentos negativos vierem à sua mente, não lute contra eles, mas pense em alguma coisa positiva, de preferência em Deus. Mas, se isso for difícil no momento, pense em qualquer idéia positiva ou construtiva.


Acontece, às vezes, que os pensamentos negativos parecem dominá-lo de um tal jeito que você não consegue vencê-los. É a isso que damos o nome de crise de depressão, ou crise de angústia, ou quem sabe crise de raiva. Num caso desses, o melhor a fazer é procurar alguém com quem conversar sobre qualquer assunto, ir ao cinema ou ao teatro, ler um livro interessante. Se você se sentar para lutar contra a maré negativa, o mais provável é que a aumente.

(Texto do livro Faça Sua Vida Valer a Pena, Emmet Fox )

14/11/2007

Algumas Dicas





Hipertensão - É muito comum durante uma crise de pânico ou ansiedade forte a pressão arterial subir e por esse motivo muitas pessoas tomam remédios para hipertensão. Fique atento(a) pois isso não quer dizer que você seja hipertenso, consulte um medico para monitorar sua pressão arterial e diagnosticar corretamente se você é ou não hipertenso, pois muitas vezes com a medicação para síndrome do pânico e ansiedade a pressão arterial é regularizada.

Tonturas - Esse também é um sintoma muito comum da síndrome do pânico, mas tem muita gente tomando remédio para labirintite, procure fazer exames para saber se você realmente tem labirintite. Isso aconteceu comigo, pois sentia tonturas e fui ao medico e ele me passou remédio para labirintite e na verdade era somente mais um sintoma da síndrome do pânico.



TPM - Meninas não se desespere nesse período essa é a pior fase para quem tem síndrome do pânico e ansiedade. A queda de hormônios nesse período nos deixa mais sensível e até pode ocorrer uma crise, mesmo tomando medicamentos.

Obrigada pela Visita!
beijoss

13/11/2007

Agorafobia - Medo do Medo






A agorafobia pode ser entendida como uma complicação do transtorno de pânico.Pessoas que sofrem de agorafobia evitam uma série de situações por elas percebidas como passíveis de desencadear um ataque de pânico.
Por exemplo, se uma pessoa tiver um ataque de pânico dentro de um túnel congestionado, é possível que esta situação se torne uma ameaça para ela em função do risco de um novo ataque.
Com freqüência, o agorafóbico necessita da presença de uma pessoa em quem confie.
O medo de ter um ataque de pânico é o fator determinante do comportamento de evitação.Geralmente as situações evitadas são aquelas em que a saída esteja difícil ou o socorro não disponível.
Com freqüência, o agorafóbico necessita da presença de uma pessoa em quem Confie geralmente um familiar ou cônjuge para que possa enfrentar as situações desencadeantes do medo.
Algumas dessas situações são bastante comuns e aparecem relacionadas abaixo:
-Sair de casa sozinho;

-Ficar em casa sozinho;
-Usar automóvel ou transportes coletivos (inclusive o avião);
-Estar em locais cheios e fechados;
-Filas;-Congestionamentos;
-Túneis;-Passarelas;-Elevadores;
-Feiras e supermercados;
O maior temor do agorafóbico é a manifestação de sintomas de um ataque de pânico. È o medo de sentir medo que determina o comportamento de esquiva.
Algumas vezes a pessoa não apresenta o comportamento de evitação.
Este medo é variável de pessoa para pessoa e pode apresentar-se como um medo de morrer, desmaiar, perder o controle ou tornar-se insano.
Algumas vezes a pessoa não apresenta o comportamento de evitação, mas enfrenta as situações com muito sofrimento e desconforto.
Em outros casos, o quadro pode ser tão intenso que ela não se atreve mais a sair de casa.

Tratamento mais indicado é psiquiatrico, a terapia congnitiva comportamental.

10/11/2007

Despersonalização / Desrealização



A desrealização é a alteração da sensação a respeito de si próprio, enquanto a despersonalização é a alteração da sensação de realidade do mundo exterior sendo preservada a sensação a respeito de si mesmo. Contudo ambas podem acontecer simultaneamente. A despersonalização não trata de um distúrbio de perda da personalidade.O aspecto central da despersonalização é a sensação de estar desligado do mundo como se, na verdade, estivesse sonhando. A pessoa que experimenta a despersonalização tem a impressão de estar num mundo fictício, irreal, mas a convicção da realidade não se altera. A desrealização é uma sensação e não uma alteração do pensamento . Na despersonalização o indivíduo tem preservado o senso de realidade apesar de ter uma sensação de que o que está vendo não é real. É comum a sensação de ser o observador de si próprio e até sentir o "movimento" de saída de dentro do próprio corpo de onde se observa a si mesmo de um lugar de fora do próprio corpo.
Esses sintomas é muito comum aos portadores de ansiedade (TAG) e Síndrome do Pânico, com tratamento esses sintomas desaparecem.
Obrigada pela visita!!

09/11/2007

Medo de Tomar Remédios



A maioria dos portadores de ansiedade e síndrome do pânico tem muito medo de tomar remédios, ainda existe muito preconceito também para se consultar com psiquiatra. 

Observo que a primeira preocupação é saber se alguém já tomou tal medicamento e como foi o resultado. Cada organismo reage de uma maneira e que pode ser bom para um pode não ser para outro, por isso é importante sentir confiança no profissional que esta acompanhando seu tratamento.

Outro fato muito comum é ler a bula do remédio e desistir de toma-lo. Qualquer bula é assustadora, qualquer remédio vendido sem prescrição medica tem inúmeros efeitos colaterais.A Síndrome do pânico na maioria das pessoas é acompanhada de depressão e o tratamento é fundamental para o equilíbrio emocional e para que não desenvolva outras doenças relacionadas a ansiedade.É importante saber que antidepressivo não vicia

07/11/2007

Diferença entre Ansiedade Generaliza e Sidrome do Pânico




O indivíduo que sofre de transtorno de ansiedade generalizada apresenta:
Dificuldade para relaxar;
Sensação de que está no limite do nervosismo;
Tendência a cansar-se com facilidade;
Dificuldade de concentração e freqüentes esquecimentos;
Irritabilidade;
Tensão muscular;
Dificuldade para adormecer ou sono insatisfatório;
Preocupação com a possibilidade de doença grave ou acidente embora não existam indicativos de que essas coisas possam vir a acontecer;
Tendência a assustar-se com facilidade e de forma intensa sem motivos justificáveis;
Em alguns casos podem ocorrer sintomas físicos como: boca seca, mãos ou pés úmidos, enjôos ou diarréia, aumento da freqüência urinária, sudorese excessiva, dificuldade de engolir ou sensação de um bolo na garganta.

Com o que não deve ser confundida
1. Com a ansiedade cotidiana, pois quase todos nós nos sentimos ansiosos e tensos em face de situações ameaçadoras ou estressantes, o que é absolutamente natural, pois preocupar-se e ficar ansioso é até mesmo importante para a boa adaptação individual à sociedade e ao ambiente.
2. Com o transtorno do pânico, pois embora alguns dos sintomas da ansiedade generalizada ocorram também no transtorno do pânico, onde os pacientes experimentam estados de ansiedade prolongada entre uma crise e outra, os pacientes de ansiedade generaliza não apresentam crises de pânico e sim estados permanentes e prolongados de desconforto ansioso.
3. Com a fobia social, pois embora esse transtorno tenha a ansiedade como um sintoma significativo, sua principal característica é o isolamento social a que o fóbico social acaba se impondo, o que não ocorre no transtorno de ansiedade generalizada.


03/11/2007

O que os olhos não vêem o coração não sente




Como é difícil as pessoas entenderem o que sentimos e quantas vezes você já tentou explicar, mas não conseguiu?

Só alguém que já vivenciou essa experiência tem noção do que realmente seja esse estado entre a lucidez e a loucura. O desespero, o medo, a dor..mas como explicar isso para alguém se ela nunca sentiu nada parecido. A aparência é de uma pessoa saudável, não há nada de errado em seu físico, mas e essa dor na alma, será que um dia alguém poderá enxergá-la?